O que significa o registro da 1ª patente de vacina contra coronavírus pela China…

Terça-feira, 18 de agosto de 2020
18/08/2020
Quarta-feira, 19 de agosto de 2020
19/08/2020
Exibir tudo

A China aprovou a primeira patente no país para uma vacina contra o novo coronavírus. Ela pode “ser produzida em massa em um curto período de tempo”, informou a imprensa local na segunda-feira (17/08). A vacina, chamada Ad5-nCoV, usa um vírus enfraquecido do resfriado comum — um adenovírus tipo 5 — para introduzir material genético do novo coronavírus no corpo humano…. –

Ela foi desenvolvida pelo Instituto de Biotecnologia de Pequim e pela empresa biofarmacêutica chinesa CanSino Biologics. O objetivo dela é treinar o corpo para produzir anticorpos que reconheçam uma parte específica do coronavírus SARS-CoV-2 e a combatam. A imprensa local afirma que ela provoca uma “boa resposta imunológica em camundongos e roedores e pode induzir o corpo a produzir uma forte resposta imunológica celular e humoral (anticorpos) em um curto espaço de tempo”…. –

De acordo com uma pesquisa publicada na revista The Lancet em julho, a fase 2 do ensaio clínico, que incluiu mais de 500 pessoas, mostrou-se segura e gerou uma resposta imunológica na maioria dos receptores após uma única imunização. Em comparação com os mais jovens, os participantes mais velhos geralmente tinham respostas imunológicas significativamente mais baixas, de acordo com o estudo publicado na Lancet. Como resultado, os idosos podem precisar de uma dose adicional para induzir uma resposta imunológica mais forte, mas mais pesquisas seriam necessárias para confirmar esse enfoque. Fase 3 Deve-se notar que os participantes dos testes não foram expostos ao vírus após a inoculação, portanto, é muito cedo para saber se a vacina realmente protege ou não. Isso poderá ser verificado durante a fase 3, que envolve um número muito maior de participantes. Tanto a segurança quanto a eficácia da vacina CanSino precisarão ser confirmadas na terceira e última fase de testes, que está programada para acontecer na Arábia Saudita….

Testes no Brasil: Outra vacina desenvolvida por empresa chinesa — a CoronaVac, da farmacêutica Sinovac —, está em testes no Brasil desde julho. Ela usa cópias inativadas (mortas) do coronavírus para levar o nosso sistema imune a produzir anticorpos capazes de neutralizar o coronavírus. Ao todo, 9 mil profissionais da saúde brasileiros devem participar, nos Estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Paraná, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Brasília….

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter
informações de rastreamento sobre os visitantes.